Blog

Critérios para ter um bom nome

cRITÉRIOS PARA TER UM BOM NOME
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Existem marcas com nomes tão fortes e memoráveis que quando vemos o produto oferecido, independente se for fabricado pela empresa, logo associamos a ela, mas como isso é possível? Quais são os critérios para ter um bom nome? Continue lendo para saber as repostas. 

 

Muito mais que um nome 

 

Escolher o nome de uma empresa ou produto é considerado uma estratégia muito importante para a definição de personalidade e identidade da marca. Um nome errado pode destruir o empenho do setor de marketing na sua promoção, por meio de interferências na sua comunicação, dificuldade no entendimento e pronuncia, podendo causar prejuízos para o estabelecimento.  

 

O nome deve possuir rápida compreensão sensorial, apelo ao público-alvo e conseguir relevância na sua memória, este nome pode ser algo abstrato, informativo, descritivo ou sugestivo, tendo a possibilidade de ser uma palavra existente ou um termo novo, é de extrema importância estudar qual a melhor opção, entender a marca e seu consumidor. 

 

Proteção a empresa 

 

Para evitar problemas, é necessária que haja uma pesquisa em relação ao nome proposto, porque quanto mais difícil de copiar, maior será a sua proteção em relação a concorrência, quando não tem esse cuidado o futuro da marca é improvável podendo a qualquer momento surgir problemas jurídicos, consequentemente a empresa perderá investimentos. É importante que o empreendedor saiba que não pode escolher o nome aleatoriamente, sem passar por validações, este estágio é crucial. 

 

O que é considerado 

 

Na hora da escolha são levados em conta vários critérios, dentre eles estão: 

 

  • Memorável, precisa ser de fácil lembrança ou reconhecimento espontâneo na hora da compra; significância, ter um significado favorece a associação da marca; 
  • Atratividade, pode estar relacionada a aspectos interessantes ou divertidos; 
  • Transferível, estar atento a fronteiras culturais e linguísticas;  
  • Adaptabilidade, quanto mais adaptável e flexível for, mais fácil será na hora de atualiza-lo, isso acontece devido a mudanças nos valores e opiniões dos consumidores;  
  • Proteção, registrar o nome da marca possibilita defendê-lo contra violações não autorizadas; 

 

Nomes marcantes 

 

 

Alguns exemplos de nomes de marcas que viraram referência no mercado, atualmente se caracterizam por serem o nome popular do produto, mesmo que sejam de outra marca, são: Band-aid, marca de curativo da companhia Johnson e Johnson; Gillette, que é a linha de aparelho de barbear da companhia Procter & Gamble; aspirina, remédio para tratar a inflamação, aliviar a dor e baixar a febre, fabricada pelo laboratório Bayer; Post-it, marca da empresa mãe 3M Company, que é um bloco de notas composto por pequenas folhas de várias cores e tamanhos; 

 

 

 

O que está faltando para a sua marca se destacar no mercado e ter um bom nome? Nos chame ainda hoje para fazer um orçamento! 

 

onheça nosso portfólio no Behance.

Veja nosso perfil no Linkedin.

Nos siga no Instagram.

Nos contate pelo Whatsapp.

O que você procura?
Categorias